REGIONAL OSASCO

Av. dos Autonomistas, 2455 - Centro - Osasco - SP
Fone: (11) 3683-1144
email: renascerosasco@igospel.com.br

ORAÇÃO DE DAVI



Neste Ano Apostólico de Davi, eu declaro: Será o ano da minha vida, de vitória, restauração, conquista, ano de ser ungido rei.

Senhor Jesus Cristo, hoje eu declaro, que verei com os meus olhos os inimigos derrotados, e todos os gigantes levantados por satanás para afrontar o Senhor e destruir a minha vida e a minha família, vão cair por terra, agora!! Vão cair por terra, em nome de Jesus.

Eu profetizo que este ano eu terei restauração, restituição, prosperidade. Vou alargar as estacas da minha tenda, e que este ano eu e a minha família vamos restituir a alegria, a Arca e vamos conquistar Jerusalém, em nome de Jesus.

A partir de agora eu tenho o óleo do ungido, eu sou aquele que se vale da Arca do Senhor. Viverei o melhor ano da história da minha vida, até hoje, em Nome de Jesus!

Toda malignidade, toda mentira do inferno está quebrada.

O meu corpo será saudável, todas as bênçãos espirituais encherão a minha casa, em nome de Jesus.

Eu levanto as minhas mãos, declaro e profetizo; aonde eu for Deus me dará vitórias! Eu conquistarei os lugares altos.

Este ano eu conquistarei Jerusalém pelo Poder.

A minha boca se encherá de risos, e haverá dias de festa na minha vida.

A restituição, que estava proibida, estará presente 365 dias na minha vida, na minha casa e na minha família.

Aonde eu for Deus me dará vitória.

Ano de Davi, ano de ser ungido rei do Senhor, ano de colocar todos os gigantes debaixo dos meus pés.

Em nome de Jesus.

Em nome de Jesus, Amém!!!.

As 12 Bençãos Apostolica do mês Abril/2009

Neste tempo de reconstrução, o povo de Deus será honrado com restauração, restituição e renovação, explicou o Apóstolo na ceia
Na ceia de oficiais deste mês de abril, que aconteceu no último sábado (dia 4), o Apóstolo Estevam Hernandes ministrou a Igreja sobre a Oferta de Páscoa. Ele falou sobre o texto de 2º Crônicas, capítulos 34 e 35, que mostra o que o rei Josias fez para renovar a aliança entre o povo de Israel e Deus.

“Josias se levantou para mandar restaurar o templo, tirar todas as ruínas. Ele deu uma grande oferta, não só por ele, mas pelo povo todo... Ele renova a casa do Senhor e celebra a Páscoa”, explicou o Apóstolo, acrescentando que essa oferta trouxe restauração, renovação e restituição a todos. “Aquela foi uma oferta de fé e Deus abriu as janelas dos céus para que o povo fosse abençoado”, disse ele.

O Apóstolo explicou à Igreja sobre a reconstrução do prédio da Sede, no Cambuci, cujo teto desabou em janeiro deste ano. Segundo ele, este momento de reconstrução é um tempo em que será muito abençoado. “Este é um momento estratégico de Deus. Nós não nos conformamos com as ruínas”, afirmou. Ele também disse que o povo vai viver a melhor Páscoa de sua vida. “Nós vamos viver uma Páscoa como nunca antes na história. É a marca daquele que reabriu o templo do Senhor”, acrescentou.

Conheça a seguir as 12 bênçãos ministradas pelo Apóstolo Estevam para o mês de abril:

1ª) Restauração com despojo. Tudo o que está em ruínas será restaurado e ainda trará mais do se tinha inicialmente;

2ª) Restituição. Não vai faltar nada, nem coisa grande, nem pequena. O Senhor vai restituir o que foi perdido e o que foi tirado;

3ª) Ressurreição. Em todas as áreas: de carreiras, sonhos, ministérios. Muitos sonhos “engavetados” vão ressuscitar;

4ª) Mudança de hábito, serão gerados hábitos de prosperidade. É o fim de todo hábito de miséria, pois Deus dará hábitos saudáveis;

5ª) Muitos vão receber ofertas de compra e vendas de negócios. O que vale 10, será comprado pelo povo de Deus por 5;

6ª) Bênção do escape. São todos os tipos de livramentos financeiros. Contas vão desaparecer e dívidas serão reduzidas;

7ª) Bênção das oportunidades. Muitas portas se abrirão, com empregos, passagens aéreas, compras de negócios;

8ª) Convites para viagens internacionais; prêmios de viagens em empresas. Também serão liberados convites para trabalhar em outros países;

9ª) Graça na família. Muitos serão abençoados por familiares;

10ª) Mudança de patamares. Pessoas vão subir degraus na vida financeira e profissional;

11ª) Processos e pagamentos serão liberados. Todas as coisas emperradas, serão liberadas. Leis vão mudar, haverá liberação de heranças familiares;

12ª) Anotar três milagres impossíveis, Deus vai realizar. Ele vai realizar o impossível na vida do povo.

04/04/2009 – Ceia dos Oficiais de Abril

clique aqui e Confira as fotos da Santa Ceia de oficiais do mês de abril, do ano apostólico de Davi. Temos as características espirituais de Davi em nossas vidas!






quinta-feira, 14 de agosto de 2008

GERAÇÃO RENASCER PRAISE: Palavra Apostólica: Cinco caminhos apostólicos que nos levam a Jerusalém



Por Apóstolo Estevam Hernandes

Deus escolheu Jerusalém para si. Atos 8 fala de uma Jerusalém espiritual. Cada um de nós tem que ter o lugarda sua Jerusalém. Jesus escolheu a cidade de Jerusalém par ali trazer marcas profundas sobre a igreja, para fazer nascer a igreja apostólica de Atos 2. Temos
que ter a visão da nossa Jerusalém, não como um lugar geográfico, mas o lugar onde Deus nos colocou: um bairro, uma cidade, para que ali possamos desenvolver nosso ministério.

Os 5 caminhos que nos levam a Jerusalém:

1) Caminho para conquista.
Em 2 Sm 16, Davi olha o monte de Jerusalém e tem o desejo no espírito, de conquistar o que o povo de Deus e Josué não conquistaram. Davi usa de estratégia para essa conquista e, através de um aqueduto, Deus coloca Jerusalém nas suas mãos. O Senhor tem uma Jerusalém para você conquistar. Deseje.
Pense na estratégia. E essa Jerusalém estará nas suas mãos. Com isso, veremos a obra realizada. A igreja de Cristo invadindo as cidades. Uma conquista tão grande que não vai sobrar lugar para
inferno!

2) Caminho do sacrifício.
Em Gn 22.2 Abrão é chamado para entregar seu único filho. De repente, ele tem que subir ao monte de Jerusalém para entregar Isaque, a promessa que demorou 100 anos, para ali ser sacrificado! Deus sabe que o caminho de Jerusalém é sacrificial. Nesse caminho
enfrentamos: a falta de companheirismo, o isolamento, a perseguição. Pagamos um alto preço.
Abrimos mão de tantas coisas e até da família... Mas o Salmo 126 nos diz que no final desse caminho de lágrimas virá a alegria da colheita! Esse caminho é a habilitação para vivermos o melhor de Deus e a confirmação para as grandes promessas.

3) Caminho da constituição.
Em 2 Sm 5.5, Davi depois de passar por Hebrom vai para Jerusalém e é reconhecido como rei por Hirão e por outros povos. E, até os dias de hoje, Davi é reconhecido como o maior rei que Israel já teve. Deus trabalha nossas vidas para que possamos passar por
esse caminho e chegar à nossa constituição. Temos conflitos: será que estou no caminho certo? Tudo que faço é a vontade de Deus? Davi foi perseguido, injuriado. Não era o eleito das pessoas, mas era de Deus. O óleo que caiu sobre Davi nunca mais saiu! Não importa os teus questionamentos, o das pessoas, o daqueles que não concordam, que
se levantam para colocar em dúvida a sua constituição.
Siga em frente, pois em Jerusalém está a sua constituição!

4) Caminho do reconhecimento.
Nós precisamos de reconhecimento. Isso é bom e importante, e nos leva a ter uma satisfação pessoal. Deus nos dá esse reconhecimento. Jesus disse: Eu conheço as minhas ovelhas, elas ouvem a minha voz e me seguem. O Senhor tem para nós um reconhecimento espiritual. Mateus 21.1,2, 7-10, Jesus entra em Jerusalém. E o Espírito Santo tem falado ao meu coração: Jerusalém desprezou aos profetas. Mas Jesus ao chegar em Jerusalém foi reconhecido.
Ele foi recebido pelo povo, que o fez passar sobre um tapete de palmeiras: Hosana, Hosana! Bendito seja o Rei. Esse era o seu reconhecimento diante dos homens. Deus tem esse reconhecimento para você também, como filho do rei. Ele vai tornar seu trabalho reconhecido. No lugar da sua vergonha te dará dupla honra. Daquilo que você sofreu e foi humilhado, o Senhor te dará um poderoso reconhecimento.

5) Caminho da morte e ressurreição.
Jesus estava caminhando para Jerusalém quando Pedro tentou impedi-lo e foi repreendido.Em Jerusalém estava preparada a morte, sim, mas também a ressurreição para a igreja. Tribulação tem dia e hora para acabar. Mas a glória é eterna e nunca mais terá fim. Jesus conquistou esse poder da ressurreição para a igreja, ao terceiro dia e em Jerusalém!
Jesus se apresentou no cenáculo e soprou sobre os apóstolos. Eles e a igreja receberam o poder da ressurreição (1 Co 15.57). Nada pode impedir a ressurreição. Em Jerusalém temos o nascimento da igreja apostólica. Deus tem um caminho de ressurreição para sua vida, para o seu ministério.
Você vai subir para um tempo glorioso e maravilhoso. Jerusalém foi o lugar da ascensão de Jesus.
Onde ele subiu para ser o cabeça da igreja. Esse poder de ressurreição nos enche de glória, arranca as pedras do caminho e deixa para trás todas as vestes de morte daquele que sai para um novo tempo, para andar nos caminhos apostólicos. Em Nome de Jesus!

Fonte: Jornal da Cieab

Um comentário:

Pr Klinger disse...

Aos queridos de Osasco,

Realizaremos o I Encontro de Blogueiros Apostólicos e gostaria de convidá-los.

Mais informações acessem: http://nomover.blogspot.com/ 2008/08/i-encontro-de-blogue iros-apostlicos

Nos vemos lá?