REGIONAL OSASCO

Av. dos Autonomistas, 2455 - Centro - Osasco - SP
Fone: (11) 3683-1144
email: renascerosasco@igospel.com.br

ORAÇÃO DE DAVI



Neste Ano Apostólico de Davi, eu declaro: Será o ano da minha vida, de vitória, restauração, conquista, ano de ser ungido rei.

Senhor Jesus Cristo, hoje eu declaro, que verei com os meus olhos os inimigos derrotados, e todos os gigantes levantados por satanás para afrontar o Senhor e destruir a minha vida e a minha família, vão cair por terra, agora!! Vão cair por terra, em nome de Jesus.

Eu profetizo que este ano eu terei restauração, restituição, prosperidade. Vou alargar as estacas da minha tenda, e que este ano eu e a minha família vamos restituir a alegria, a Arca e vamos conquistar Jerusalém, em nome de Jesus.

A partir de agora eu tenho o óleo do ungido, eu sou aquele que se vale da Arca do Senhor. Viverei o melhor ano da história da minha vida, até hoje, em Nome de Jesus!

Toda malignidade, toda mentira do inferno está quebrada.

O meu corpo será saudável, todas as bênçãos espirituais encherão a minha casa, em nome de Jesus.

Eu levanto as minhas mãos, declaro e profetizo; aonde eu for Deus me dará vitórias! Eu conquistarei os lugares altos.

Este ano eu conquistarei Jerusalém pelo Poder.

A minha boca se encherá de risos, e haverá dias de festa na minha vida.

A restituição, que estava proibida, estará presente 365 dias na minha vida, na minha casa e na minha família.

Aonde eu for Deus me dará vitória.

Ano de Davi, ano de ser ungido rei do Senhor, ano de colocar todos os gigantes debaixo dos meus pés.

Em nome de Jesus.

Em nome de Jesus, Amém!!!.

As 12 Bençãos Apostolica do mês Abril/2009

Neste tempo de reconstrução, o povo de Deus será honrado com restauração, restituição e renovação, explicou o Apóstolo na ceia
Na ceia de oficiais deste mês de abril, que aconteceu no último sábado (dia 4), o Apóstolo Estevam Hernandes ministrou a Igreja sobre a Oferta de Páscoa. Ele falou sobre o texto de 2º Crônicas, capítulos 34 e 35, que mostra o que o rei Josias fez para renovar a aliança entre o povo de Israel e Deus.

“Josias se levantou para mandar restaurar o templo, tirar todas as ruínas. Ele deu uma grande oferta, não só por ele, mas pelo povo todo... Ele renova a casa do Senhor e celebra a Páscoa”, explicou o Apóstolo, acrescentando que essa oferta trouxe restauração, renovação e restituição a todos. “Aquela foi uma oferta de fé e Deus abriu as janelas dos céus para que o povo fosse abençoado”, disse ele.

O Apóstolo explicou à Igreja sobre a reconstrução do prédio da Sede, no Cambuci, cujo teto desabou em janeiro deste ano. Segundo ele, este momento de reconstrução é um tempo em que será muito abençoado. “Este é um momento estratégico de Deus. Nós não nos conformamos com as ruínas”, afirmou. Ele também disse que o povo vai viver a melhor Páscoa de sua vida. “Nós vamos viver uma Páscoa como nunca antes na história. É a marca daquele que reabriu o templo do Senhor”, acrescentou.

Conheça a seguir as 12 bênçãos ministradas pelo Apóstolo Estevam para o mês de abril:

1ª) Restauração com despojo. Tudo o que está em ruínas será restaurado e ainda trará mais do se tinha inicialmente;

2ª) Restituição. Não vai faltar nada, nem coisa grande, nem pequena. O Senhor vai restituir o que foi perdido e o que foi tirado;

3ª) Ressurreição. Em todas as áreas: de carreiras, sonhos, ministérios. Muitos sonhos “engavetados” vão ressuscitar;

4ª) Mudança de hábito, serão gerados hábitos de prosperidade. É o fim de todo hábito de miséria, pois Deus dará hábitos saudáveis;

5ª) Muitos vão receber ofertas de compra e vendas de negócios. O que vale 10, será comprado pelo povo de Deus por 5;

6ª) Bênção do escape. São todos os tipos de livramentos financeiros. Contas vão desaparecer e dívidas serão reduzidas;

7ª) Bênção das oportunidades. Muitas portas se abrirão, com empregos, passagens aéreas, compras de negócios;

8ª) Convites para viagens internacionais; prêmios de viagens em empresas. Também serão liberados convites para trabalhar em outros países;

9ª) Graça na família. Muitos serão abençoados por familiares;

10ª) Mudança de patamares. Pessoas vão subir degraus na vida financeira e profissional;

11ª) Processos e pagamentos serão liberados. Todas as coisas emperradas, serão liberadas. Leis vão mudar, haverá liberação de heranças familiares;

12ª) Anotar três milagres impossíveis, Deus vai realizar. Ele vai realizar o impossível na vida do povo.

04/04/2009 – Ceia dos Oficiais de Abril

clique aqui e Confira as fotos da Santa Ceia de oficiais do mês de abril, do ano apostólico de Davi. Temos as características espirituais de Davi em nossas vidas!






sexta-feira, 3 de abril de 2009

Vereador Marcelo Aguiar apóia projeto de lei antifumo e participa de audiência sobre o tema

02/04/2009 - Na terça-feira (31/3), o vereador Marcelo Aguiar (PSC) acompanhou audiência pública na Assembleia Legislativa de São Paulo sobre o Projeto de Lei 577/2008, de autoria do governador José Serra (PSDB), que proíbe fumo em locais de uso coletivo sejam eles públicos ou privados.

Na reunião 12 entidades inscritas se pronunciaram, em falas alternadas contra e a favor do PL. Entre os palestrantes estavam o Dr. Dráuzio Varella; Dra. Jaqueline Issa, médica do Instituto do Coração; Dra. Nise Yamaguchi, que representou o Ministro da Saúde, José Gomes Temporão e o deputado estadual José Bruno (DEM).

A proposta tramitou durante sete meses e recebeu 17 emendas ao longo do período. O vereador Marcelo Aguiar asseverou apoio ao projeto e acredita que a lei será benéfica para a sociedade. “O respeito é a essência de direitos e deveres. Um fumante tem todo o direito de fumar, mas em contrapartida tem o dever de respeitar os demais. É cientificamente comprovado que as doenças decorrentes do uso do tabaco, como a enfisema pulmonar e todos os tipos de cânceres, também afetam a saúde dos que tem contato indireto com a fumaça”.

De acordo com a médica do Incor, na adolescência, período propício para o primeiro contato com o cigarro, o cérebro ainda em formação imprime memória viciante, que proporciona problemas psíquicos futuros.

Uma pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde aponta que 70% dos fumantes apóiam ambientes livres do tabaco e a maioria deles gostaria de parar com o vício. “Isso acontece porque as pessoas têm plena consciência de que a liberdade termina a partir do momento em que há necessidade do uso contínuo de determinada substância”, explicou Yamaguchi. “Com a aprovação deste projeto vamos inclusive diminuir as necessidades de internação e medicação de pacientes”.

Ainda segundo estudos, levantamento feito pela Organização Mundial da Saúde aponta que o tabagismo é a terceira causa de morte evitável em todo o mundo.

Para o vereador Marcelo Aguiar a realização de audiências públicas que debatam assuntos desse tipo é a reflexão de que o poder público está preocupado em ouvir a sociedade. “Com esses encontros podemos extrair soluções que visem, sempre, melhorar a qualidade de vida de todos”.

Assessoria de Imprensa: Aline Bernardo


Bispo Gê concede entrevista sobre homofobia

02/04/2009 - O Deputado Bispo Gê Tenuta concedeu, na tarde desta terça-feira, 31/3, uma entrevista para a Rádio Senado sobre o tema “Homofobia”.

O parlamentar expôs sua opinião contrária a questão. “A nossa intenção é trabalhar para o bem de todos” disse Bispo Gê. Entre os projetos separados para serem discutidos pelos deputados da Câmara estão os que criminalizam qualquer manifestação contrária ao homossexualismo e suas práticas; além de tornar crime manifestações religiosas, filosóficas, científicas e políticas reprovando as práticas homossexuais entre outras (PL 6418/2005).

Por ser um tema polêmico, a rádio ouvirá diversas frentes a favor e contra os projetos de lei que circulam na Câmara dos Deputados. Entidades homossexuais e religiosas foram convidadas a participar. Os interessados no tema podem acompanhar o programa que será transmitido na próxima sexta-feira, 10/4, às 18h, pela Rádio Senado.

Assessoria Deputado Bispo Gê Tenuta

José Bruno defende projeto que proíbe consumo de cigarros em ambientes públicos

02/04/2009 - Da assessoria do deputado José Bruno

Mais uma vez, o deputado José Bruno (DEM) reafirma sua posição contra o consumo de cigarros em ambientes fechados de uso coletivo. Durante audiência pública realizada em 31/3 na Assembleia Legislativa, o parlamentar foi à tribuna defender a aprovação do Projeto de Lei 577/2008, de autoria do governador, que trata do tema.

Em sua fala, José Bruno evocou a lei federal que, desde 1996, prevê ambientes livres de tabaco e, de acordo com o parlamentar, nem sempre é respeitada. Além de defender as pessoas que não fumam, mas são obrigadas a se sujeitar ao convívio com a fumaça dos cigarros alheios, o deputado também defendeu os trabalhadores que convivem nesse ambiente.“Todos aqueles que trabalham em locais onde é permitido fumar são prejudicados, porque são fumantes passivos e, da mesma forma que um fumante ativo, sofrem as conseqüências do consumo de cigarros”, alertou.

Essa afirmação foi feita baseada em estudos da Organização Mundial de Saúde que comprovam que o tabagismo passivo é a terceira causa de morte evitável em todo o mundo. “Aquele que não fuma tem o direito de viver sem a fumaça do que fuma e, assim, ter sua saúde preservada”, defendeu o parlamentar, que em 2007 apresentou projeto de Lei que obriga as fábricas de produtos derivados de tabaco a construírem e manterem em pleno funcionamento hospitais para atendimento a vítimas do tabagismo “É um caso de saúde pública sim e hoje quem arca com as custas desse mal é o Estado e a sociedade”, argumentou.

Para José Bruno, é preciso haver um consenso para encontrar um caminho justo, onde aqueles que não fumam, seja maioria ou minoria, tenham o direito de viver sem a contaminação do cigarro e os que desejam continuar fumando o façam em locais apropriados. “Eu defendo aqui o direito daquele que quer ter o ambiente livre de tabaco. Não se trata de uma lei que proíbe alguém de fumar, mas que preserva o ar do não-fumante e, portanto, a saúde da coletividade”, justificou.

O evento teve a participação de representantes de entidades contra e a favor do projeto. Entre estes últimos, o médio oncologista Drauzio Varella; a médica cardiologista Jaqueline Issa, do Incor; Paula Johns, diretora-executiva da Aliança de Controle do Tabagismo (ACT) e Nise Yamaguchi, representante do Ministro da Saúde José Gomes Temporão. O vereador Marcelo Aguiar (PSC) também esteve presente, a convite do deputado José Bruno.

josebruno@al.sp.gov.br

quarta-feira, 1 de abril de 2009

RENASCER ALPHAVILLE - Revista IstoÉ

Comportamento

Lutando em nome do Senhor

Evangélicos armam tatames dentro dos templos para promover competições de valetudo e jiu-jítsu: são os lutadores de Cristo

Francisco Alves Filho

ATRAÇÃO O pastor Mazola Maffei (de short vermelho), da Renascer, diz que promove as lutas para trazer mais jovens para o grupo

Mazola Maffei e Douglas Meira trocam socos no rosto e pontapés nas costelas dentro de um tatame. Ambos são musculosos, vestem apenas shorts e ostentam tatuagens chamativas. A luta acaba e, lado a lado, os dois fazem uma oração. Já passa da uma hora da madrugada e suas preces são acompanhadas por um grupo de 35 jovens que compareceram à Igreja Renascer de Alphaville, na Grande São Paulo. Eles acreditam que, com a bênção do Senhor, a luta foi vencida por Maffei, ao estrangular Meira pelas costas. Além de lutadores de vale-tudo e instrutores de jiu-jítsu, os oponentes são pastores evangélicos. Ensinam e promovem lutas nos templos com o objetivo de atrair o público jovem para a religião. “Está dando certo”, diz Maffei. “Desde que começamos, o grupo de jovens aumentou de 60 para 90 integrantes.” Essa é apenas uma das várias iniciativas de igrejas com denominações pentecostais espalhadas pelo Brasil que pretendem divulgar a mensagem religiosa usando sopapos e bordoadas como atrativo. Alguns desses grupos adotaram o nome que deixa claro seu objetivo: são os lutadores de Cristo.

Em Curitiba, a Missão Brasileira Lutadores de Cristo, ligada à Igreja do Evangelho Quadrangular, também promove lutas de vale-tudo, ou MMA, como passou a ser chamado o estilo, uma abreviatura de Mixed Martial Arts (Artes Marciais Misturadas). Com um grupo que tem o mesmo nome do paranaense, na Igreja Congregacional de Fortaleza, o instrutor Elder Pinto ensina jiu-jítsu aos jovens cearenses de baixa renda. “Junto com a luta, passo a eles a palavra do Senhor, além de noções de disciplina e respeito ao adversário”, diz Pinto. A Igreja Sara Nossa Terra, de Brasília, também reza na cartilha do jiu-jítsu. “Usamos a luta como atrativo para evangelizar”, diz o pastor Milton Schelp, 44 anos. Ele não acredita que a agressividade desse tipo de esporte seja incompatível com o ambiente da igreja. “A verdadeira violência está no coração das pessoas e não nas artes marciais.”

Os religiosos de Brasília não planejam, no entanto, introduzir o valetudo em suas aulas. “Acho que é um esporte como outro qualquer, mas compreendo quem se assusta com sua forma agressiva”, diz Schelp. A modalidade é considerada a mais violenta por reunir várias formas de artes marciais numa mesma disputa. Quando estão de pé, os lutadores costumam desferir chutes violentíssimos na altura da cintura do adversário. Uma vez no chão, um golpeia o rosto do outro com socos. “Parece feroz, mas tem uma técnica a ser seguida. São proibidos socos na parte de trás da cabeça, cabeçadas e outros golpes baixos”, diz Maffei, que tem 34 anos e é pastor há 12. Seu grupo é formado por pessoas com idades entre 9 e 34 anos, a maioria amadores que lutam com capacete de proteção. Mas há também profissionais. No começo do trabalho, no ano passado, ele recebeu críticas dentro da igreja e de alguns blogs evangélicos. “Respeito a opinião de todos, mas tenho certeza de que esse esporte pode ser um instrumento importante para atrair os jovens a ouvir a palavra do Senhor”, justifica-se.

A combinação entre vale-tudo e religião tem outras variações. Grande sucesso entre os jovens evangélicos e também de outras religiões, o rapper gospel conhecido como Pregador Luo usa esses ingredientes para fazer sua música. Adepto da Igreja Bíblica da Paz e praticante da luta – que só não tem exercitado por conta da agitada agenda de shows –, ele é autor do tema de entrada no ringue de vários campeões brasileiros da categoria, como Vítor Belfort e Rogério Minotouro. É tão aficionado que dedicou seu último CD, Música de guerra, inteiramente à exaltação do esporte.

Para ele, a pancadaria pode ser muito útil para divulgar mensagens religiosas. “Digamos que seja uma luta contundente”, afirma. “Mas, se o jovem relacionar essa prática a algo saudável e à palavra do Senhor, o efeito é positivo.” Extrair esse entendimento de suas letras não é fácil. Na música Bate pesadão, Pregador Luo criou versos como: “No mundão cruel não tem vez para os fracos” ou “Quando explodir minha ira, pode crer, não vai sobrar mais nada.” Onde estão a solidariedade e a pacificação pregadas pela religião? “As pessoas que me acompanham sabem que falo da guerra do dia a dia, da luta por uma vida mais digna. Não tenho culpa se interpretam errado e levam ao pé da letra”, justifica. Há controvérsias.

PARA CONHECIMENTO - Igreja católica utiliza com mais ênfase a televisão, a internet e outras mídias para reaver fiéis

Ver pra crer

Por Fabrício Teixeira e Luiz Gustavo Pacete

Após longo período de evasão de fiéis, igreja católica utiliza com mais ênfase a televisão, a internet e outras ferramentas para construir uma poderosa rede de mídia e reaver seus seguidores

Alisson e Roberta Chaves de Oliveira são casados há seis anos e têm um filho pequeno, de um ano e quatro meses. Moradores de São José do Rio Preto, no noroeste paulista, aproveitaram as últimas férias de Alisson para fazer algo inusitado. Em vez de badalação ou praia, a família viajou cerca de 650 quilômetros rumo ao sudeste, até a sede da rede Canção Nova, em Cachoeira Paulista, para passarem uma semana conhecendo o grupo de mídia católico.

Não faltou o que fazer. O complexo da Canção Nova ocupa uma área de 455 mil quilômetros quadrados (57 mil construídos), em que trabalham 1.500 funcionários. São rádios, editora, emissora de televisão com vários estúdios, redações, departamentos administrativos e um centro de evangelização onde cabem confortavelmente 60 mil pessoas sentadas. Além de alojamento para os colaboradores em passagem pela cidade, há ainda área para acampamento e diversas capelas, uma para cada setor. É, afinal, uma Disneylândia dos católicos. Alisson e Roberta terão muita coisa para conhecer da emissora que acompanham há mais de um ano. "Todas as quartas não perdemos a missa do 'Clube da Evangelização' e também palestras como as do Padre Léo e do Padre Bruno, que são coisas de outro mundo", diz Roberta. Empolgados com o turismo litúrgico, mal se dão conta de que fazem parte de um fenômeno em amplo crescimento no país: o marketing católico. Em resposta à progressão dos neopentecostais, o Vaticano passou a incentivar iniciativas que misturam ideias da Renovação Carismática Católica (RCC), estudo de mercado e suporte de mídia e comunicação.

Família do maior empresário do aborto dos EUA morre em acidente misterioso.



(Por Gingi Edmonds) - Alguns de vocês podem ter visto as manchetes sobre o avião particular que se caiu sobre um Cemitério em Montana, matando 7 crianças e 7 adultos.

Mas o que as fontes noticiosas se esqueceram de mencionar é que o Catholic Holy Cross Cemetery propriedade da Resurrection Cemetery Association em Butte – contem um memorial para os residentes locais rezarem o rosário, no ‘Tumulo dos Não Nascidos’. Este memorial, localizado a curta distancia a oeste da igreja, foi erigido em dedicação a todos os bebês que morreram por causa do aborto.

Que mais a imprensa oficial não lhe está contando? A família que pereceu no acidente, próximo ao local do memorial dedicado às vitimas do aborto, é a família de Irving ‘Bud’ Feldkamp, proprietário da maior rede de aborto para fins lucrativos dos Estados Unidos.

Family Planning Associates foi comprada quatro anos atrás por Irving Moore “Bud” Feldkamp III, dono da Allcare and Hospitality Dental Associates e CEO do Glen Helen Raceway Park em San Bernardino [California]. As 17 clinicas de Planejamento Familiar da Califórnia (Family Planning clinics) realizam mais abortos no estado do que qualquer outro provedor de aborto – incluindo a Planned Parenthood – sendo que inclusive realizam abortos até ao quinto mês da gravidez.

Apesar de Feldkamp não ser um abortista, ele aufere polpudos lucros oriundos de dinheiro tingido com o sangue de dezenas de milhares de bebes, assassinados mediante os abortos praticados a cada ano nas clinicas das quais ele aufere a propriedade. Seus negócios na indústria do aborto lhe permitiram desfrutar do turbo-hélice privado, que estava transportando sua família para uma semana de férias no The Yellowstone Club, um exclusivo resort de esqui para milionários.

A aeronave caiu no Domingo, matando duas das filhas de Feldkamp, dois genros e cinco netos, juntamente com o piloto e quatro amigos da família. O Avião, um turbo-hélice monomotor pilotado por Bud Summerfield de Highland, embateu no cemitério Católico e explodiu em chamas, apenas a 150m do seu destino final de aterrissagem. Todos a bordo morreram.

A causa do acidente é um mistério. O piloto, que era um ex piloto militar, com mais de 2,000 milhas voadas, não deu qualquer indicação aos controladores de trafico aéreo de que a aeronave estivesse experimentando dificuldades, no momento em que pediu para ter a rota mudada para um aeroporto em Butte. Testemunhas relatam que o avião subitamente apontou ao solo, sem aparentes sinais de luta. Não existia nenhum gravador de voz no cockpit ou um registrador de dados do vôo a bordo, não existindo quaisquer dicas do radar sobre os momentos finais da aeronave, porque o aeroporto de Butte não está dotado com esse tipo de equipamento. Alguns especulam que o acidente se deveu a gelo nas asas, mas este modelo particular de avião foi testado para condições climáticas extremas de gelo e especialistas afirmaram que é pouco provável que gelo tenha sido a causa.

Nos meus dias em que trabalhava para a Survivors of the Abortion Holocaust, ajudei na organização e realização de uma campanha semanal, onde jovens ativistas permaneciam fora da mansão de Feldkamp, em Redlands, segurando cartazes com sinais do desenvolvimento fetal e conscientizando a comunidade local sobre os negócios de Feldkamp, envolvendo lucros obtidos com a morte de crianças. Toda Quinta-feira à tarde gritávamos a Bud e sua esposa Pam para se arrependerem, procurar a benção de Deus e afastarem-se pessoalmente da pratica de assassinato de crianças.

Nos o avisamos, por amor aos seus filhos, para lavar suas mãos do sangue inocente, que ele insistia em derramar, porque, como a Escritura avisa , se “você não odeia o derramamento de sangue, este lhe perseguirá”. (Ezequiel 35:6).

Uma fonte noticiosa declarou que Bud Feldkamp visitou o local da queda com sua esposa e seus dois filhos restantes, na segunda feira. Quando permaneciam junto aos restos retorcidos e carbonizados da aeronave, falando com os investigadores, uma ligeira neve começou a cair sobre as sacolas de polietileno que recobriam os restos mortais de seus filhos.

Não pretendo transformar este trágico acontecimento numa espécie de momento espiritual desagradável, do tipo ‘Eu não lhe avisei’! - mas não posso deixar de pensar no tempo que permaneci fora da mansão dos Feldkamp’s - Pam Feldkamp rindo dos cartazes com imagens do desenvolvimento fetal, e Bud Feldkamp tentando evitar o contato direto com nossos olhos, ao entrar em seu carro com uma pequena criança atrás – e penso naquelas pungentes palavras ‘Pense em suas crianças!’ Me pergunto se o fantasma dessas palavras não estaria rondando Feldkamp ao permanecer ali, na neve, entre os restos mortais dos seus entes queridos, a alguns metros apenas do ‘Tumulo dos Não Nascidos’?

Só espero e oro, em face desta tragédia, que Feldkamp reconheça a necessidade de se arrepender e reformar-se. Peço a Deus que deste infortúnio e catástrofe possa Ele amolecer os corações de Bud e Pam, para que se aproximem do Senhor e lavem suas mãos do sangue de milhares de crianças inocentes, cada um tão precioso e insubstituível quanto os seus.

A família Feldkamp's já experimentou uma tragédia antes dessa. Dois anos atrás, seu neto Chase, de 10 meses, morreu após ter sido encontrado no chão depois de ter escorredado da cama. A criança foi levada ao hospital onde não resistiu.

“Coloquei diante de ti a vida e a morte, a benção e a maldição. Escolhe, pois, a vida.” (Deut. 30:19)

Fonte: Julio Severo / FoxNews

Pastor metaleiro troca o Iron Maiden pela palavra de Cristo



ClicGospel.com

O autoproclamado fã número 1 do Iron Maiden mora em um sobrado humilde no bairro de Itaquera, zona leste de São Paulo. Fanático pelos metaleiros desde a década de 1980, Marcos Motolo, 36, diz ter feito 172 tatuagens da banda por todo o corpo e, como se o feito não bastasse para provar sua devoção, ainda registrou o filho de dez anos como Steve Harris em homenagem ao lendário baixista do grupo. Mas, da turnê recente do Maiden pelo país - que se encerra nesta terça com um show em Recife -, Motolo conta que não conseguiu ver nenhum show. Estava ocupado demais pregando a palavra de Cristo como pastor evangélico.

Personagem do documentário "Flight 666", filme oficial da banda britânica de heavy metal que tem estreia nos cinemas prevista para o mês que vem, o pastor metaleiro não renega o seu passado. Em vez disso, tem usado sua história pessoal para "semear no deserto", ou ainda, "levar a palavra de Deus às pessoas que não estão preocupadas com isso".

Em um culto evangélico realizado há dez dias, em Suzano, município da Grande São Paulo, vestindo um terno preto que cobria algumas mas não todas as tatuagens, Motolo intercalava com desenvoltura versículos da Bíblia com a promoção de sua participação no documentário internacional. "Será a primeira vez que a palavra de Cristo vai chegar a países como a China ou a Rússia", prometia entre "glórias" e "aleluias" aos fiéis, muitos dos quais provavelmente jamais haviam ouvido falar de Iron Maiden - muito menos da temática demoníaca de muitas das letras da banda.

Convertido há apenas quatro anos, Motolo não vê problemas na mistura do sagrado e do profano. "O interessante é você saber diferenciar cultura de religião. Se a pessoa é evangélica e toca numa banda de rock, ela não precisa parar de tocar. Mesmo que [a banda] fale de Satã. Aquilo é a profissão dela, lá ela é empregada", defendeu o pastor e missionário - termo usado àqueles que não pregam apenas em uma única igreja - em entrevista ao G1 pouco antes do início da pregação.

"Se a pessoa souber curtir o heavy metal ou qualquer coisa, pode ser até funk ou futebol, sem se envolver em coisas que destruam sua saúde, é bom. Os caras do Iron Maiden, por exemplo, são inteligentes. Eles tocam heavy metal, mas quando o show acaba, eles vão tomar um Gatorade ou um suco. É por isso que estão vivos até hoje. Já o Nirvana fez dois anos de sucesso e o vocalista se matou. Por quê? Porque ele não soube diferenciar a vida particular dele da vida em cima do palco", teoriza.

Fonte: G1

GRP: Vejam só como a Palavra de Deus transforma completamente a vida de uma pessoa. Que esse testemunho possa transformar a vida de muitos metaleiros que se acabam não por causa do rock, mas sim pelas drogas e outros males.

Kaká diz que convidou Ronaldo para assistir cultos na Renascer



ClicGospel.com

O meia-atacante Kaká, do Milan e da seleção brasileira, disse na quinta-feira, 26, que tem evangelizado o colega Ronaldo, o Fenômeno e que já o convidou para participar de um culto na Igreja Renascer em Cristo.

Em conversa na Granja Comary, onde o time de Dunga prepara-se para mais uma rodada das eliminatórias para a Copa do Mundo, Kaká, que é evangélico militante, disse que convidou Ronaldo para participar de cultos na Igreja Renascer em Cristo, da qual é membro. “Chamei-o para ir a alguns cultos. Acredito que um dia ele irá”, disse o astro do Milan.

Após um longo período às voltas com contusões e problemas pessoais, o Fenômeno agora atravessa um bom momento. De volta aos campos, agora pelo Corinthians, o atacante tem marcado gols e feito boas atuações. Kaká disse acreditar que Ronaldo vá recuperar sua melhor forma.

Considerado um dos maiores jogadores do futebol brasileiro em todos os tempos, o Fenômeno, de 32 anos, tem no currículo dois títulos mundiais pela seleção (1994 e 2002), é o maior artilheiro da história da Copa do Mundo, com 15 gols, e foi escolhido três vezes como o melhor jogador do mundo pela Fifa.

Fonte: Cristianismo Hoje

Palavra Apostólica: Aprenda a Enfrentar Gigantes como Davi



Boletim Oficial da Renascer Sede

"...visto que andamos por fé e não pelo que vemos." (2ª Coríntios 5:7)

Uma das grandes armas do diabo é nos amedrontar em meio à luta. Mas peça a Deus para ter a mesma visão de Davi, que enfrentou o gigante sem medo. O Senhor dos Exércitos, que lutava por ele, é o mesmo que está ao seu lado nesta batalha.

Texto-base: 1ª Samuel 17:41-47

O exército de Saul enxergava o gigante como algo que jamais poderia vencer. Vemos neste trecho de 2º Samuel que os soldados estavam paralisados há 40 anos diante dos filisteus, com medo das ameaças de Golias. E muitas vezes nós enxergamos a luta como algo intransponível, como o diabo quer que a enxerguemos. Mas como Davi enxergava o gigante? Ele via apenas a imagem de alguém que estava afrontando o Senhor dos Exércitos e que, por isso, já estava destruído. E você, como enxerga seu problema? Tenha visão de Davu e alcance as vitórias contra todos os gigantes.

TEMOS QUE TER A VISÃO DE DAVI

O gigante Golias metia medo no exército de Israel pelo seu tamanho (1º Samuel 17:4). E nós, muitas vezes, estamos olhando o gigante pelo tamanho. Quantas vezes o diabo vem e nos enche de ameaças? Ele quer que você reconheça sua impotência, que você não pode vencer os obstáculos. Mas uma ameaça é apenas uma ameaça e nada mais. Comece a enxergar a ameaça com os olhos de Davi, e não com os olhos do diabo. Não tenha medo de enfrentar as lutas que estão se apresentando em sua vida, pois você terá vitória em todas as áreas.

E como Davi enxergava o gigante?

1) Como um grande desafio. Ele talvez não quisesse enfrentá-lo, mas enfrentou. Em Mateus 26:42, vemos que Jesus pediu que, se possível, fosse poupado. Mas, Ele aceitou Seu desafio que era morrer na cruz. E quando Deus desafia um servo dEle é porque tem uma grande obra para realizar. Tudo na nossa vida começa com um desafio. Davi enfrentou Golias com armas espirituais. Você não tem que correr da luta, mas sim ir para cima do gigante que está te ameaçando e dizer que ele vai cair, porque essa é a vontade de Deus.

2) Como uma grande oportunidade de mostrar o poder de Deus para todas as pessoas. E também como um caminho para o trono. Davi sabia que Deus que era com ele e que se derrubasse aquele gigante teria um lugar no reino. Essa luta é uma grande oportunidade para que você cresça, para que a glória de Deus se manifeste. Ela vai te levar para o cumprimento do Seu plano na tua vida.

3) Como um obstáculo muito fácil de ultrapassar. Davi olhou para Golias e viu apenas alguém que estava afrontando o Senhor dos Exércitos. O gigante podia ser grande para o homem, mas não era nada diante de Deus. Enxergue Satanás assim, totalmente destruído, pois Deus já te deu vitória nesta batalha. Quem vai resolver seu problema não é você, e sim o Senhor dos Exércitos.

4) Como um troféu. Esse gigante que você está enfrentando é um grande troféu que Deus está colocando em suas mãos. Ainda que tudo esteja contra você, alegre-se no Deus da sua Salvação, porque Ele te fará ver Golias cair no chão a sua frente.

Qual é o desafio que você está enfrentando? É o gigante da doença, da falência, da depressão? Como você tem chamado essa luta? Deus não te dá nada além do que você pode suportar. Se o Senhor te escolheu para enfrentar esse gigante é porque Ele tem livramento. Vá para cima do gigante e lute! Jesus já te deu a vitória!

APÓSTOLO ESTEVAM HERNANDES

Renascer em Cristo lança projeto para reconstrução da Sede Internacional

31/03/2009 - Apóstolo Estevam Hernandes divulgou aos oficiais e membros da Igreja Renascer as metas do Projeto Neemias que visa reconstruir a sede, na Avenida Lins de Vasconcelos.

O lançamento do projeto para reconstrução da sede internacional da Igreja Renascer, no dia 7 de fevereiro, contou com a participação de milhares de pessoas que assistiam ao culto ministrado pelo Apóstolo Estevam Hernandes, durante a Ceia de Oficiais, no Ginásio do Ibirapuera. O projeto, chamado Neemias da Reconstrução, visa arrecadar fundos para reformar uma área de mais de 1500 metros quadrados destruída após desabamento do teto da Igreja, na Avenida Lins de Vasconcelos, no dia 18 de janeiro de 2009.

As obras terão início após a conclusão e aprovação, pela Prefeitura de São Paulo, das plantas que estão sendo preparadas por uma equipe de profissionais contratada pela Igreja Renascer. Na ceia de Oficiais do mês de abril, que acontece no dia 4, no Ginásio do Ibirapuera, será apresentado o projeto de engenharia em 3D.

O Projeto Neemias engloba várias frentes de captação e mobilização. A arrecadação será feita por meio da confecção e venda de produtos e gadgets especiais (produtos eletrônicos) e da realização de eventos regionais como jantares, cafés, chás e shows. Além disso, o membro da igreja ou colaborador que integrar o Projeto Neemias poderá contribuir fazendo um carnê de 15 parcelas. Os carnês estão classificados como diamante, contribuições acima de R$ 1000; ouro, de R$ 500 a R$ 999; prata, de R$ 100 a R$ 499 e bronze, de R$ 15 a R$ 99.

Inspirado pelo livro de Neemias, um dos livros da Bíblia Sagrada, o projeto ganhou o nome do personagem bíblico que foi responsável pela reconstrução dos muros de sua cidade. Neemias superou, com o auxílio de Deus, os desafios para operacionalizar a obra de reconstrução e trazer o povo de Israel de volta para a cidade de Jerusalém.

Os interessados em integrar o Projeto Neemias podem entrar em contato de qualquer local do Brasil pelo telefone 4004-4002.


Priscilla Rosetto
Comunicação Renascer


Os Vegetais – programação para criançada na Rede Gospel

30/03/2009 - Agora as crianças têm uma nova opção de entretenimento na TV. A Rede Gospel exibe a partir de hoje, dia 30 de março às 13 horas, o desenho infantil Os Vegetais.

Enquanto se divertem com as aventuras dos personagens as crianças vão aprender importantes princípios bíblicos, como amizade, amor ao próximo, entre outros.

O desenho, que é uma produção da Universal Pictures, vai ao ar todas as segundas, quartas e sextas-feiras sempre às 13 horas.

Diversão com conteúdo de qualidade

Sem violência ou armas, Os Vegetais é uma iniciativa pioneira da televisão que se destaca por ter um conteúdo saudável com ensinamentos positivos para os pequenos telespectadores.

Abordando questões que incluem desde alimentação saudável até valores essenciais para a formação do ser humano, a animação Os Vegetais é, ainda, uma ferramenta útil para auxiliar os pais na educação dos filhos.

Você que é pai ou mãe colabore conosco divulgando esta programação para outras crianças.

Os Vegetais
Segundas, quartas e sextas-feiras às 13 horas
Rede Gospel de Televisão é sintonizada pelos canais: UHF 53, TVA 21, NET 28 e Cambrás 98.

Vanessa Antonelli
Comunicação Renascer

Projeto Amar realiza balada oficial para reconstrução da Sede


30/03/2009 - No último sábado (28/03) à noite, o Espaço Renascer se transformou em uma super balada gospel. O evento “Kingdom – O Reino de Deus” contou com a presença de cerca de 2.000 pessoas, público formado em grande parte por jovens (integrantes ou não da Igreja Renascer) e oficias.

A festa teve dois objetivos: unir os jovens que da Igreja, atrair outros que ainda não conhecem a Renascer e angariar fundos para a reconstrução da Sede. “Essa balada traz o significado do reino de Deus, não só o reino Apostólico, mas do reino do povo de Deus, um povo que está junto na alegria e na tristeza”, disse o DJ MP7.

A produção e organização do evento ficou por conta do Ministério Remix e dos líderes do Projeto Amar (P.A.). Uma grande estrutura foi montada no local, com pista de dança, área VIP e bar temático, entre outras atrações. O DJ MP7, líder do Ministério Remix, ficou responsável pelo som, e tocou louvores mixados com música eletrônica, funk e black. A festa também teve a apresentação da banda RM6.

O bispo Marcelo Monteiro, integrante da banda RM6, disse que a grande reconstrução, na realidade, é a reconstrução do homem. “Essa balada tem a presença de muitos jovens que se divertem de cara limpa. Essa é a grande reconstrução, a maior de todas, que é a reconstrução do homem, dos muros que representam a vida e a alegria da juventude. A minha maior alegria é pode participar desse grande evento”, afirmou o bispo.

Durante a festa, 18 jovens aceitaram Jesus como seu Salvador. A partir de agora serão acompanhados pelos oficiais do Ministério Adote do P.A.

“Foi uma noite muito especial. A balada foi um sucesso e superou nossas expectativas, com muitas salvações, jovens que nunca conheceram a Igreja e hoje estão aqui. Alcançamos nosso objetivo, aliás, Deus tem feito muito além daquilo que a gente pensou”, disse o pastor Felipe Lopes, líder do P.A. Sede.

Michelle Barros
Comunicação Renascer