REGIONAL OSASCO

Av. dos Autonomistas, 2455 - Centro - Osasco - SP
Fone: (11) 3683-1144
email: renascerosasco@igospel.com.br

ORAÇÃO DE DAVI



Neste Ano Apostólico de Davi, eu declaro: Será o ano da minha vida, de vitória, restauração, conquista, ano de ser ungido rei.

Senhor Jesus Cristo, hoje eu declaro, que verei com os meus olhos os inimigos derrotados, e todos os gigantes levantados por satanás para afrontar o Senhor e destruir a minha vida e a minha família, vão cair por terra, agora!! Vão cair por terra, em nome de Jesus.

Eu profetizo que este ano eu terei restauração, restituição, prosperidade. Vou alargar as estacas da minha tenda, e que este ano eu e a minha família vamos restituir a alegria, a Arca e vamos conquistar Jerusalém, em nome de Jesus.

A partir de agora eu tenho o óleo do ungido, eu sou aquele que se vale da Arca do Senhor. Viverei o melhor ano da história da minha vida, até hoje, em Nome de Jesus!

Toda malignidade, toda mentira do inferno está quebrada.

O meu corpo será saudável, todas as bênçãos espirituais encherão a minha casa, em nome de Jesus.

Eu levanto as minhas mãos, declaro e profetizo; aonde eu for Deus me dará vitórias! Eu conquistarei os lugares altos.

Este ano eu conquistarei Jerusalém pelo Poder.

A minha boca se encherá de risos, e haverá dias de festa na minha vida.

A restituição, que estava proibida, estará presente 365 dias na minha vida, na minha casa e na minha família.

Aonde eu for Deus me dará vitória.

Ano de Davi, ano de ser ungido rei do Senhor, ano de colocar todos os gigantes debaixo dos meus pés.

Em nome de Jesus.

Em nome de Jesus, Amém!!!.

As 12 Bençãos Apostolica do mês Abril/2009

Neste tempo de reconstrução, o povo de Deus será honrado com restauração, restituição e renovação, explicou o Apóstolo na ceia
Na ceia de oficiais deste mês de abril, que aconteceu no último sábado (dia 4), o Apóstolo Estevam Hernandes ministrou a Igreja sobre a Oferta de Páscoa. Ele falou sobre o texto de 2º Crônicas, capítulos 34 e 35, que mostra o que o rei Josias fez para renovar a aliança entre o povo de Israel e Deus.

“Josias se levantou para mandar restaurar o templo, tirar todas as ruínas. Ele deu uma grande oferta, não só por ele, mas pelo povo todo... Ele renova a casa do Senhor e celebra a Páscoa”, explicou o Apóstolo, acrescentando que essa oferta trouxe restauração, renovação e restituição a todos. “Aquela foi uma oferta de fé e Deus abriu as janelas dos céus para que o povo fosse abençoado”, disse ele.

O Apóstolo explicou à Igreja sobre a reconstrução do prédio da Sede, no Cambuci, cujo teto desabou em janeiro deste ano. Segundo ele, este momento de reconstrução é um tempo em que será muito abençoado. “Este é um momento estratégico de Deus. Nós não nos conformamos com as ruínas”, afirmou. Ele também disse que o povo vai viver a melhor Páscoa de sua vida. “Nós vamos viver uma Páscoa como nunca antes na história. É a marca daquele que reabriu o templo do Senhor”, acrescentou.

Conheça a seguir as 12 bênçãos ministradas pelo Apóstolo Estevam para o mês de abril:

1ª) Restauração com despojo. Tudo o que está em ruínas será restaurado e ainda trará mais do se tinha inicialmente;

2ª) Restituição. Não vai faltar nada, nem coisa grande, nem pequena. O Senhor vai restituir o que foi perdido e o que foi tirado;

3ª) Ressurreição. Em todas as áreas: de carreiras, sonhos, ministérios. Muitos sonhos “engavetados” vão ressuscitar;

4ª) Mudança de hábito, serão gerados hábitos de prosperidade. É o fim de todo hábito de miséria, pois Deus dará hábitos saudáveis;

5ª) Muitos vão receber ofertas de compra e vendas de negócios. O que vale 10, será comprado pelo povo de Deus por 5;

6ª) Bênção do escape. São todos os tipos de livramentos financeiros. Contas vão desaparecer e dívidas serão reduzidas;

7ª) Bênção das oportunidades. Muitas portas se abrirão, com empregos, passagens aéreas, compras de negócios;

8ª) Convites para viagens internacionais; prêmios de viagens em empresas. Também serão liberados convites para trabalhar em outros países;

9ª) Graça na família. Muitos serão abençoados por familiares;

10ª) Mudança de patamares. Pessoas vão subir degraus na vida financeira e profissional;

11ª) Processos e pagamentos serão liberados. Todas as coisas emperradas, serão liberadas. Leis vão mudar, haverá liberação de heranças familiares;

12ª) Anotar três milagres impossíveis, Deus vai realizar. Ele vai realizar o impossível na vida do povo.

04/04/2009 – Ceia dos Oficiais de Abril

clique aqui e Confira as fotos da Santa Ceia de oficiais do mês de abril, do ano apostólico de Davi. Temos as características espirituais de Davi em nossas vidas!






sexta-feira, 17 de abril de 2009

Aborto, não!

Deputado Bispo Gê Tenuta (DEM/SP)

O Aborto é um tema importante e polêmico. Enquanto poucas pessoas são a favor da sua legalização no país, porém o defendem de forma veemente, muitas outras se colocam contra, mas não lutam pela vida como deveriam. Por isso tenho uma missão muito importante em defendê-la.

Conforme discurso proferido por mim em Plenário na Câmara dos Deputados, a vida humana parece ter perdido totalmente seu valor como criação de Deus, única e perfeita. A liberdade de escolha que vem para justificar esses cruéis assassinatos reduz uma vida à sua dimensão física – espaço que vai ocupar no planeta, cuidados que demandará etc – enquanto esquecemos que uma vida vai além disso. Como Bispo evangélico que sou, sei que todo ser humano tem liberdade de escolha na vida, mas ninguém pode tomar decisões pelos outros.

A partir do momento que um espermatozóide fecunda um óvulo, ali já existe um ser humano. Na fecundação tem-se a formação de um zigoto que é um ser humano unicelular. Essa célula é irreproduzível. Se uma vez morto, não aparecerá outro igual; a humanidade o perdeu para sempre.

Isso é tão sério, mas pouco aplicado, havendo até um mito de que o aborto pode minimizar os problemas sociais no Brasil e isso não é verdade. Além disso, o aborto não pode ser defendido por alguém que espera responsabilidade, ética e respeito à vida de novas gerações; a saúde pública também não pode, na minha opinião, ser motivo para desculpa e para um discurso contrário à vida.

Sou defensor do direito de nascituros à vida!

De acordo com todas essas considerações, espero que voltemos nossa atenção para a situação no Brasil, e que todos, coerentes com esse posicionamento antiaborto, sejamos a favor da vida.

Muitas mulheres, hoje, têm procurado justificativa para a prática do aborto, e isso é muito preocupante. Já li pesquisas que dizem que todas as mulheres que realizaram o aborto, têm problemas psicológicos e são infelizes. A não legalização desse processo com certeza preservará a vida também das mulheres, além das crianças.

E para encerrar, me preocupo também com a gravidade do processo abortivo para gestações avançadas. Riscos de complicações nos eventos de interrupção de gravidez são muito prováveis. Pode também acontecer de o aborto não ser bem-sucedido e a criança pode ter deficiências irreparáveis e irreversíveis para o resto da vida.

E as crianças que morrem? A quem interessam essas mortes? Quem responderá por esses crimes? Ou o aborto não é um assassinato?

A justiça de Deus é indiscutível. Ele nunca daria vida a um ser que não teria utilidade nenhuma na Terra. Não existem fetos sem utilidade, sem um propósito no mundo. Todo ser humano, sem exceção, desde fetos a idosos, têm uma finalidade e um motivo para estarem vivos.

Não posso compactuar de jeito nenhum com fatos e processos dessa gravidade. É por isso que estou na luta contra a legalização do aborto no Brasil.

Como Vice-presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Vida e membro integrante da Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga o aborto no nosso país, não posso deixar de opinar a respeito do assunto. Não estou discriminando pessoas, mas sim, defendendo a vida.

Nenhum comentário: